NOTA DE APOIO ÀS GREVES NAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO

A Executiva Nacional dos Estudantes de Farmácia – ENEFAR – vem através dessa nota demonstrar seu apoio incondicional ao movimento nacional de greve dos docentes, dos servidores técnico-administrativos em educação (TAEs) e dos estudantes, que vem a cada dia crescendo e ganhando forca nas Instituições Federais de Ensino (IFEs) do Brasil, ultrapassando o numero de 50 instituições grevistas.

A educação no Brasil vem seguidamente sendo colocada em segundo plano, e nesse sentido o Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI) veio na tentativa de tapar o sol com a peneira. Somos totalmente a favor da expansão da universidade pública, mas isso jamais pode acontecer da maneira mercantilista e irresponsável que vem sendo feita. Sem garantia na qualidade do ensino, sem a estrutura física adequada, sem o numero de professores suficiente, sem o compromisso com a assistência estudantil, sem investimentos adequados vamos caminhando para uma precarização cada vez maior do ensino superior no Brasil. O corte de verbas recente e a proposta esdrúxula do novo Plano Nacional de Educação (PNE) só vêm reforçar o sentimento de que a educação cada vez menos é prioridade. Enquanto menos de 4% do PIB vai para o setor, gastamos 48% de nosso orçamento com o pagamento de juros da divida pública.

O corpo docente, representados pela ANDES-SN aguarda desde 2010 uma resposta do governo sobre o reajuste salarial, a reestruturação do plano de carreira e melhores condições de trabalho. Já os TAEs representados pela FASUBRA além de reivindicarem reajuste salarial e aprimoramento da carreira, se defendem do ataque da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) que extingue a categoria dos HUs. Para ambas as categorias, a resposta do governo foi inflexibilidade e ausência de propostas decentes, não havendo alternativas a não ser a greve.

Os estudantes por sua vez vêm sofrendo na pele as consequências da reforma universitária. Falta de sala de aulas e laboratórios, falta de bibliotecas, falta de professores, falta de material, cursos totalmente desestruturados, ausência de condições para permanência na universidade são tristes realidades hoje nas IFEs. A greve dos docentes veio como um estopim para toda a indignação estudantes, que abraçaram a causa dos professores e viram na mobilização nacional a única forma de garantir que suas próprias pautas sejam negociadas. O movimento, que vem sendo construído a partir da base, vem ganhando força e na marcha pela educação em Brasília, no dia 5 de junho, um comando de greve nacional dos estudantes foi estabelecido, um passo importante para que nossas demandas sejam ouvidas não apenas nas ruas, mas também nas mesas de negociação.

A greve estudantil representa uma ferramenta de defesa importante dos contra os professores fura-greve e um momento importante de reflexão sobre a realidade do ensino superior, de cada universidade e de cada curso. Por isso ela deve ser encarada como uma oportunidade única de mostrarmos para a sociedade todas as contradições que vivemos na pele dentro da universidade e, dentro disso, exigir os 10% do PIB para a Educação Pública, expansão com qualidade, estrutura decente, mais professores, assistência estudantil adequada e todas as pautas específicas de cada curso e de cada universidade.

Por isso convocamos todos os estudantes, especialmente os de Farmácia, a se unirem a outros estudantes do Brasil para construir a greve estudantil em suas universidades. Motivos para isso não faltam. Só assim poderemos lutar por nossas demandas e fazer ouvida nossa voz.

EXECUTIVA NACIONAL DOS ESTUDANTES DE FARMÁCIA
GESTÃO 2011-2012 – UNIR PARA CONSOLIDAR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s